‘Golpe da fruta’: Nas redes, usuários denunciam práticas abusivas realizadas no Mercadão de São Paulo

Geronimo Stuart
Geronimo Stuart
3 Min Read

Usuários das redes sociais passaram a denunciar uma prática abusiva realizada por vendedores no Mercado Municipal de São Paulo: a realização de golpes envolvendo a venda de frutas em um dos pontos mais tradicionais da capital paulista. Alguns perfis afirmam ter pago R$ 200 em uma única bandeja. Outros explicam como a prática é realizada. Segundo as acusações, parte dos comerciantes abordam os clientes a informam o preço referente a 100 gramas do produto. Ao finalizar a compra, o valor aumenta exponencialmente. Outros afirmam que as pesagens são realizadas em balanças escondidas, com outras referências de preço.

Um frequentador do local explicou como foi a sua experiência ao se deparar com o golpe da fruta. Segundo Rubens Júnior (@rubeistica), a tentativa de fraude aconteceu no mês de janeiro. “A bandeja foi pesada na parte de trás da banquinha, ficou no valor de R$ 79. Ficamos sem reação, até porque uma outra quantidade de frutas foi colocada a mais na bandeja. Explicamos que não queríamos a quantidade, por conta do valor, e logo ele [vendedor] começou a nos coagir para que levássemos de qualquer forma. Eu e minha amiga não abrimos mão do pagamento e provavelmente ele percebeu que havíamos entendido que aquilo era um ‘golpe‘ e começou a diminuir o preço. Mas também foi só por isso e por medo que algo acontecesse assim que saíssemos do mercado”, explicou.

Antônio Gomes (@Jagomes05) relatou que, em uma de suas idas ao Mercado Municipal, lhe ofereceram uma mexerica. Ao passar no caixa, o valor cobrado foi de R$ 25 por unidade. “Claro que não paguei”, afirmou. Outra denúncia foi de a Arthur (@arthurlodi_) que reclamou dos preços abusivos ao ter de pagar R$ 200 em uma única bandeja de frutas. Tati (@tatimrqs), Simodena (@Simodena) e Cris (@crisdenervo) também anunciaram que foram vítimas de golpe por parte dos vendedores no Mercadão. A equipe de reportagem da Jovem Pan questionou o Marcado Municipal de São Paulo sobre as denúncias, aguarda um posicionamento e atualizará a reportagem assim que obtiver uma resposta.

Share This Article
Leave a comment